TC já tem demanda suficiente para IPO, dizem fontes

·2 minuto de leitura

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) -A plataforma social para investidores TC já tem demanda mais do que suficiente para sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), de acordo com duas fontes próximas à operação, que encerra na sexta-feira o período de reserva.

O TC, antes conhecido como TradersClub, estabeleceu no começo do mês preço estimado entre 9 e 11,25 reais por ação no IPO, que contempla a distribuição primária de até 75 milhões de papéis, incluindo os lotes adicional e suplementar.

De acordo com uma das fontes, a demanda supera a oferta em três vezes no preço médio da faixa indicativa, de 10,13 reais. Nesse preço, a oferta somaria quase 760 milhões de reais, considerando a colocação das ações adicionais e suplementares.

Outra fonte afirmou que a demanda está varias vezes acima no piso e mais de uma vez no teto entre investidores institucionais, desconsiderando potenciais investidores âncoras. O último evento de roadshow do IPO ocorreu nesta quinta-feira.

A demanda do IPO ainda deve sentir os reflexos do movimento dos investidores de varejo, que costuma ocorrer perto do encerramento das reservas.

A fixação do preço das ações está prevista para a segunda-feira, dia 26.

Nas últimas semanas, enquanto algumas empresas desistiram ou adiaram os planos de listar suas ações na bolsa, como Privalia e Intercement, citando a volatilidade ou mercado desfavorável, outras viram seus papéis dispararam em suas estreias.

O principal destaque foi SmartFit, com os papéis da rede de academia fechando o primeiro pregão com um salto de quase 35%.

No caso do TC, os recursos serão usados em aquisições estratégicas para aprimorar o ecossistema da empresa e investimentos em desenvolvimento da plataforma e em marketing.

Fundado em 2016, o TC oferece serviços como notícias, pesquisa e chats sobre investimentos. Tem uma base de 450 mil usuários no seu aplicativo.

Em 2020, a plataforma teve receita líquida de 40 milhões de reais, com Ebitda de 18,8 milhões e lucro 13 milhões. No primeiro trimestre de 2021, a receita somou 21 milhões de reais, com Ebitda de 663 mil e prejuízo de 26 mil reais.

BTG Pactual e Banco Modal são os coordenadores do IPO.

(Edição Alberto Alerigi Jr.)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos