Tragédia muda tradição

Em quase três décadas de trabalho, os coveiros mais antigos do maior cemitério de São Paulo lembram de ter feito menos de 10 enterros noturnos. Mas desde o agravamento da segunda onda da pandemia de Covid-19 no Brasil, a exceção se tornou a regra.