Trajetória de Anne Heche inclui infância difícil, abusos e namoro gay

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A atriz Anne Heche, 53, está em coma após sofrer um acidente de carro nos Estados Unidos, na última sexta-feira (5). Conhecida por filmes como "Seis Dias e Sete Noites" (1998) e "Volcano" (1997), ela teve uma infância difícil, tendo sido abusada sexualmente pelo pai, e um relacionamento que virou sensação da mídia com a apresentadora Ellen DeGeneres, 64.

Nascida em Ohio, Heche era a caçula de quatro irmãos e começou a trabalhar quando ainda tinha 12 anos para ajudar a família, segundo já contou em entrevistas. Em 2001, ela falou no programa de Larry King, da CNN, sobre os abusos sofridos na infância pelo pai, sobre a sexualidade dele e sua morte, pouco depois de a família descobrir que ele tinha Aids, no início dos anos 1980.

A carreira artística de Heche começou aos 17 anos, quando ela recebeu uma proposta para fazer a novela "Another World". Depois vieram várias séries de sucesso, como "Ally McBeall" (1997-2002), "Everywood" (2002-2006) e "Men in Trees" (2006-2008). Foi nos bastidores dessa última que ela engatou um romance com o ator James Trupp, com quem teve um filho, Atlas, 13. Ela tem outro filho, Romer, de 20 anos.

Além de Trupp, Heche teve outros relacionamentos famosos, sendo o mais lembrado seu namoro com a apresentadora Ellen DeGeneres, de 1997 a 2000. Apenas um dia depois do anúncio de término das duas, Heche foi hospitalizada após bater na casa de um estranho aparentando estar desorientada e falando coisas sem sentido, noticiou a ABC News na época.

Anne Heche estava afastada dos cinemas e da TV há alguns anos quando se envolveu em um grave acidente de carro na sexta passada (5). Seu carro atingiu uma casa e pegou fogo, em Los Angeles, nos EUA. A atriz foi socorrida com queimaduras no corpo. Nesta segunda (8), um representante afirmou que seu estado é "extremamente crítico".

"Ela tem lesões significativas no pulmão que exigem uma ventilação mecânica e os médicos também diagnosticaram que a atriz irá precisar de intervenção cirúrgica para cuidar das queimaduras pelo corpo", disse em um comunicado. Heche não teria retomado a consciência desde o acidente e a polícia quer saber se ela estava alcoolizada na ocasião do acidente.