Transação de R$ 11 bi em bitcoin levou 1 minuto e custou R$ 4

·1 minuto de leitura
Identidades dos envolvidos ainda são desconhecidas. Foto: Getty Images.
Identidades dos envolvidos ainda são desconhecidas. Foto: Getty Images.
  • A operação ocorreu na última segunda-feira (13)

  • Registros de transações em bitcoins têm acesso aberto ao público

  • Identidades dos envolvidos ainda são desconhecidas

Um investidor concluiu na última segunda-feira (13) uma transação de quase R$ 11 bilhões em bitcoins. Além do valor impressionante, a operação chamou a atenção do mercado de criptoativos por ter levado apenas um minuto para ser feita e pelo seu preço quase irrisório de US$ 0,80 — cerca de R$ 4.

O registro da remessa foi verificado por usuários na blockchain do bitcoin no começo desta semana, mostrando a transferência de 44.598,42 bitcoins, equivalentes a R$ 2,1 bilhões. Segundo os dados da movimentação, às 18h29 do dia 13 de setembro, foi confirmado o depósito na carteira do destinatário — apenas um minuto após a solicitação de transação.

Leia também:

Ainda que os códigos das carteiras e suas transações sejam públicos, as identidades dos usuários são consideravelmente mais difíceis de serem reveladas. Mesmo assim, qualquer pessoa pode ter acesso aos registros de todas as transações que ocorrem na blockchain do bitcoin. Por isso, também é possível que a operação tenha sido realizada entre carteiras de um mesmo dono que queira descentralizar seus ativos para manter sua segurança.

O site especializado Coin Beast Media ressaltou a ausência de intermediários durante a transação bilionária. “Nenhuma terceira parte foi necessária. Nenhuma pessoa, governo ou empresa pode cancelar ou reverter essa transação. Oitenta centavos”, destacou a plataforma em sua conta no Twitter.

As informações são do Exame.com.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos