Transferências 2022/23: Os maiores negócios e as derradeiras contratações

Transferências 2022/23: Os maiores negócios e as derradeiras contratações

A contratação de Antony Matheus dos Santos pelo Manchester United. foi o maior negócio da janela de verão do mercado de transferências para a época de 2022/23.

Desejado praticamente desde o primeiro momento em que Erik ten Hag assumiu a equipa de Old Trafford, o internacional brasileiro apenas confirmou o adeus ao Ajax no dia do encerramento das inscrições. Um negócio de €95 milhões mais cinco milhões em bónus.

O último dia de inscrições revelou ainda a transferência do gabonês Pierre-emerick Aubameyang do Barcelona de volta a Londres, onde já representou o Arsenal e agora vai jogar no Chelsea. O africano custou €12 milhões aos "blues" e ainda a cedência do espanhol Marcos Alonso aos catalães.

O central francês Wesley Fofana trocou o Leicester pelo Chelsea, por €80,4 milhões e, se se somarem os bónus, cujo valor não foi revelado, o jogador de 21 anos pode tornar-se no defesa mais caro da história, um título agora na posse de Harry Maguire, contratado pelo Manchester United há três anos por €87 milhões.

A mudança de €80 milhões de Aurélien Tchouameni, do Mónaco para o Real Madrid, fecha o top-3 dos negócios deste verão, animado também pelo alegado desejo de Cristiano Ronaldo pretende transferir-se para um clube que lhe permitisse continuar a jogar a Liga dos Campeões.

Não aconteceu. Ronaldo continua no Manchester United e neste início de época até tem sido suplente utilizado.

O uruguaio Darwin Nuñez, que trocou o Benfica pelo Liverpool, em junho, foi o quarto maior negócio deste verão. O melhor marcador da última edição da Liga Portuguesa, com 26 golos, custou €75 milhões aos "reds".

As 10 maiores transferências do verão

  1. €95M, Antony dos Santos (Brasil), Ajax (Países Baixos) -> Manchester United (Inglaterra)

  1. €80,4M, Wesley Fofana (França), Leicester (Inglaterra) -> Chelsea (Inglaterra)

  1. €80M, Aurélien Tchouameni (Françe), AS Monaco (Françe) -> Real Madrid (Espanha)

  1. €75M, Darwin Nuñez (Uruguai), from Benfica (PORTUGAL) to Liverpool (Inglaterra)

  1. €70,65M, Casemiro (Brasil), Real Madrid (Espanha) -> Manchester United (Inglaterra)

  1. €70M, Alexander Isak (Suécia), Real Sociedad (Espanha) to Newcastle (Inglaterra)

  1. €67M, Mathijs de Ligt (Países Baixos), Juventus (Itália) to B. Munique (Alemanha)

  1. €65,3M, Marc Cucurella (Espanha), Brighton (Inglaterra) -> Chelsea (Inglaterra)

  1. €60M, Erling Haaland (Noruega), B. Dortmund (Alemanha) -> Manchester City (Inglaterra)

  1. €58M, Richarlison (Brasil), Everton (Inglaterra) -> Tottenham (Inglaterra)

Fonte: Transfermarket

Em Inglaterra, foi entretanto também confirmada a contratação do defesa-central Manuel Akanji pelo Manchester City. Os "citizens" pagam no imediato €17,5 milhões ao Borussia de Dortmund, num negócio que nem chega ao top-40 das contratações em Inglaterra.

Em Portugal, o alemão Julien Draxler, de 28 anos, assinou pelo Benfica, por empréstimo do Paris Saint-Germain, e o brasileiro Arthur Gomes foi confirmado como reforço do Sporting, num negócio de €2,5 milhões, mas que pode chegar aos 4,5 milhões mediante a utilização do jogador ao longo dos cinco anos de contrato.

O FC Porto apenas anunciou nesta última semana o guarda-redes Samuel Portugal, oriundo do Portimonense, por €1 milhão à troca de apenas 20% do passe.

Veja aqui as cinco maiores transferências em cada um dos seis principais campeonatos europeus no mercado de verão, que fechou quinta-feira à noite, confirmadas pelo site especializado Transfermarket (atualizado às 07h00 CET, de 2 de setembro de 2022):

PORTUGAL

Aquisições

€20 milhões, David Carmo, do Sporting de Braga para o FC Porto;

€15,3 milhões, David Neres, do Shakthar Donetsk (Ucrânia) para o Benfica;

€13 milhões, Fredrik Aursnes, do Feynord (Países Baixos) para o Benfica;

€10,5 milhões, Gabriel Veron, do Palmeiras (Brasil) para o FC Porto;

€10 milhões, Enzo Fernandéz, do River Plate (Argentina) para o Benfica.

Vendas

€75 milhões, Darwin Nuñez, do Benfica para o Liverpool (Inglaterra);

€45 milhões, Matheus Nunes, do Sporting para o Wolverhampton (Inglaterra);

€40 milhões, Vitinha, do FC Porto para o Paris Saint-Germain (França);

€38 milhões, Nuno Mendes, do Sporting para o Paris Saint-Germain (França);

€35 milhões, Fábio Vieira, do FC Porto para o Arsenal (Inglaterra).

INGLATERRA

Aquisições

€95 milhões, Antony dos Santos, do Ajax para o Manchester United;

€82,5 milhões, Wesley Fofana, do Leicester para o Chelsea;

€75 milhões, Darwin Nuñez, do Benfica (Portugal) para o Liverpool;

€70,65 milhões, Casemiro, do Real Madrid (Espanha) para o Manchester United;

€70 milhões, Alexander Isaak, da Real Sociedade (Espanha) para o Newcastle.

Vendas

€80,4 milhões, Wesley Fofana, do Leicester para o Chelsea;

€65,3 milhões, Marc Cucurella, do Brighton para o Chelsea;

€58 milhões, Richarlison, do Everton para o Tottenham;

€58 milhões, Raphinha, do Leeds para o Barcelona (Espanha);

€56 milhões, Raheem Sterling, do Manchester City para o Chelsea.

ALEMANHA

Aquisições

€67 milhões, Matthijs de Ligt, da Juventus (Itália) para o Bayern de Munique;

€32 milhões, Sadio Mané, do Liverpool (Inglaterra) para o Bayern Munique;

€31 milhões, Sébastien Haller, do Ajax (Países Baixos) para o B. Dortmund;

€30 milhões, Karim Adeyemi, do RB Salzburgo (Áustria) para o B. Dortmund;

€26 milhões, David Raum, do Hoffenheim para o RB Leipzig.

Vendas

€60 milhões, Erling Haaland, do B. Dortmund para o Manchester City (Inglaterra);

€45 milhões, Robert Lewandowski, do Bayern Munique para o Barcelona (Espanha);

€26 milhões, David Raum, do Hoffenheim para o RB Leipzig;

€20,5 milhões, Taiwo Awoniyi, do Union Berlin para o Nottingham Forest (Inglaterra);

€20 milhões, Nico Schlotterbeck, do Friburgo para o B. Dortmund.

ESPANHA

Aquisições

€80 milhões, Aurélien Tchouameni, do Mónaco (França) para o Real Madrid;

€55 milhões, Raphinha, do Leeds (Inglaterra) para o Barcelona;

€50 milhões, Jules Koundé, do Sevilha para o Barcelona;

€45 milhões, Robert Lewandowski, do Bayern Munique (Alemanha) para o Barcelona;

€20 milhões, Nahuel Molina, da Udineses (Itália) para o Atlético de Madrid.

Vendas

€70,65 milhões, Casemiro, do Real Madrid para o Manchester United (Inglaterra);

€70 milhões, Alexander Isaak, da Real Sociedade para o Newcastle (Inglaterra);

€50 milhões, Jules Koundé, do Sevilha para o Barcelona;

€32,6 milhões, Gonçalo Guedes, do Valência para o Wolverhampton (Inglaterra);

€31 milhões, Diego Carlos, do Sevilha para o Aston Villa (Inglaterra).

ITÁLIA

Aquisições

€41 milhões, Gleison Bremer, do Torino para a Juventus;

€40 milhões, Federico Chiesa, da Fiorentina para a Juventus;

€32 milhões, Charles De Ketelaere, do Clube Brugge (Bélgica) para o AC Milan;

€23,6 milhões, Joaquín Correa, da Lázio para o Inter de Milão;

€22 milhões, Jérémie Boga, do Sassuolo para a Atalanta.

Vendas

€67 milhões, Mathijs de Ligt, da Juventus para o Bayern de Munique (Alemanha);

€41 milhões, Gleison Bremer, do Torino para a Juventus;

€40 milhões, Federico Chiesa, da Fiorentina para a Juventus;

€38 milhões, Kalidou Koulibaly, do Nápoles para o Chelsea (Inglaterra);

€36 milhões, Gianluca Scamacca, do Sassuolo para o West Ham (Inglaterra).

FRANÇA

Aquisições

€41,5 milhões, Vitinha, do FC Porto (Portugal) para o Paris Saint-Germain;

€38 milhões, Nuno Mendes, do Sporting CP (Portugal) para o Paris Saint-Germain;

€23 milhões, Fabián Ruiz, do Nápoles (Itália) para o Paris Saint-Germain;

€20 milhões, Arnaud Kalimuendo, do Paris Saint-Germain para o Rennes;

€19 milhões, Arthur Theate, do Bolonha (Itália) para o Rennes.

Vendas

€80 milhões, Aurélien Tchouameni, do Mónaco para o Real Madrid (Espanha);

€37 milhões, Sven Botman, do Lille para o Newcastle (Inglaterra);

€36 milhões, Amadou Onana, do Lille para o Everton (Inglaterra);

€35 milhões, Nayef Aguerd, do Rennes para o West Ham (Inglaterra);

€21,3 milhões, Cheick Doucouré, do Lens para o Crystal Palace (Inglaterra).