Transporte público será gratuito em 26 capitais neste segundo turno das eleições

***ARQUIVO*** São Paulo, SP, BRASIL, 18-02-2020:  Ônibus SP - (Foto: Eduardo Knapp/Folhapress)
***ARQUIVO*** São Paulo, SP, BRASIL, 18-02-2020: Ônibus SP - (Foto: Eduardo Knapp/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Os eleitores que precisarem do transporte público para votar nesse segundo turno poderão fazer a viagem gratuitamente em 26 capitais do país. Só o Acre manteve o passe livre em apenas um trecho, na volta da votação, contanto que apresente o comprovante.

Assim, o passe livre está valendo em: Aracaju, Belém, Belo Horizonte, Boa Vista, Brasília, Campo Grande, Cuiabá, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, Goiânia, João Pessoa, Macapá, Maceió, Manaus, Natal, Palmas, Porto Alegre, Porto Velho, Recife, Rio de Janeiro, Salvador, São Luís, São Paulo, Teresina e Vitória.

A adesão em peso das capitais à gratuidade se deu após o STF (Supremo Tribunal Federal) autorizar administrações municipais e concessionárias a fornecerem o transporte gratuitamente nas eleições, sem que os gestores ficassem sujeitos a acusações de crime eleitoral ou improbidade.

A ideia é garantir às pessoas condições para que exerçam o direito de votar -que, no Brasil, é também uma obrigação. A abstenção no país é historicamente maior entre pessoas de menor renda e escolaridade, o que é creditado às dificuldades que elas enfrentam para chegarem aos locais de votação.