Trapalhada de defensores acaba em golaço no futebol africano

·1 min de leitura
Torcida do Wydad Casablanca não deve ter gostado da trapalhada dos zagueiros. Foto: Jalal Morchidi/Anadolu Agency/Getty Images
Torcida do Wydad Casablanca não deve ter gostado da trapalhada dos zagueiros. Foto: Jalal Morchidi/Anadolu Agency/Getty Images

Um lance que tinha tudo para dar errado, acabou dando muito certo no futebol africano. Em partida válida pela décima quinta rodada do campeonato marroquino, Wydad Casablanca e FUS Rabat se enfrentaram na última terça-feira (28).

Mesmo jogando em casa, o Wydad Casablanca foi surpreendido e viu os visitantes abrirem 2 a 0 no marcador. Com muito esforço, os mandantes buscaram a igualdade que só veio aos 41 minutos da etapa final.

Leia também:

O roteiro já era daqueles de filme, mas um golaço de bicicleta nos acréscimos da partida deu a vitória ao FUS Rabat.

Quando o jogo parecia que terminaria empatado, a zaga do Wydad bateu cabeça, dois jogadores não conseguiram afastar a bola que sobrou para Montassir Lahtimi fazer um gol que pode até entrar na lista dos favoritos ao Prêmio Puskás.

Apesar do tropeço, o Wydad Casablanca segue na liderança do campeonato do Marrocos com 35 pontos, mas com dois jogos a mais que o vice líder Raja Casablanca, que tem 27 pontos conquistados.

Já o FUS Rabat chegou a terceira vitória consecutiva e foi a 18 pontos, ocupando a décima colocação e ficando mais longe da zona de rebaixamento. Vale lembrar que o campeonato marroquino é disputado por 16 clubes.

O Wydad Casablanca tem uma torcida fanática e é um dos maiores campeões do país. Na atual temporada vai em busca do seu vigésimo segundo título nacional. O clube conquistou a Liga do Campeões da África em duas oportunidades, em 1992 e 2017.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos