Travesti é morta e esquartejada por ex em Goiás

Travesti foi morta por ex-companheiro em Aparecida de Goiânia. Foto: Getty Images.
Travesti foi morta por ex-companheiro em Aparecida de Goiânia. Foto: Getty Images.
  • Homem foi preso e confessou o crime

  • Investigação revelou que travesti morreu por asfixia

  • Polícia encontrou parte do corpo escondido do sofá do suspeito

A Polícia Civil prendeu, nesta quarta-feira (25), um homem suspeito de matar, esquartejar e enterrar a ex-namorada em Aparecida de Goiânia. Agentes encontraram parte do corpo de Bianca Machado Rodrigues, que era travesti, debaixo de um sofá na casa do suspeito e outra parta em uma mata fechada.

A polícia não divulgou o nome do homem. As informações são do portal G1.

Em depoimento à polícia, o homem confessou o crime e revelou onde estavam escondidas as partes do corpo da ex-namorada. No entanto, a motivação para o crime não foi informada pela corporação.

A investigação apura que a causa da morte de Bianca foi asfixia. Ela teria visitado o ex em sua casa, localizada no Setor Jardim Esmeraldas, e depois iria para o salão de beleza no qual trabalha. No entanto, desapareceu e não deu notícias a familiares e amigos.

O suspeito pode ser acusado de feminicídio e ocultação de cadáver, segundo a Polícia Civil.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos