Travis Scott: Homem processa rapper e pede US$ 1 milhão após se ferir em confusão que deixou 8 mortos durante show

·2 min de leitura

HOUSTON, EUA — Um homem decidiu processar o rapper Travis Scott após se ferir na confusão que deixou oito mortos durante um show do artista na última sexta-feira. Conforme a emissora CNN, que teve acesso ao processo, Manuel Souza alega que "sofreu graves lesões corporais quando a multidão descontrolada no show o derrubou e pisoteou". Ele solicita uma reparação no valor de US$ 1 milhão.

O escritório de advocacia Kherkher Garcia, que representa o frequentador do festival Astroworld, alega que "os réus falharam em planejar e conduzir o show de maneira segura”.

"Em vez disso, conscientemente ignoraram os riscos extremos de danos aos frequentadores dos concertos e, em alguns casos, encorajaram e fomentaram ativamente comportamentos perigosos. Sua negligência grave causou ferimentos graves ao Requerente", diz a defesa.

Conforme as autoridades locais, o incidente que deixou dezenas de feridos começou por volta de 21h (23h, no horário do Brasil). Assim que a apresentação de Scott teve início, parte da audiência de 50 mil pessoas tentou se aproximar do palco, fazendo com que vários espectadores fossem esmagados.

Muitos desmaiaram e sofreram paradas cardiorrespiratórias. À CNN, o chefe do Corpo de Bombeiros de Houston, Samuel Peña, disse que 23 pessoas foram levadas para hospitais da região, 11 delas em estado crítico. Entre os feridos havia um menino de 10 anos. Ao menos 300 pessoas receberam atendimento médico no local.

O motivo da confusão ainda não é claro. Uma investigação está em curso para determinar o que aconteceu, tendo como alvo provável os protocolos de segurança do evento.

'Arrasado', diz rapper

O artista, que nasceu em Houston, disse que irá auxiliar a polícia nas investigações e que deseja ajudar a comunidade local. Em uma postagem no seu perfil do Twitter, afirmou que está "completamente arrasado com o que aconteceu. Minhas orações vão para as famílias de todos os afetados pelo ocorrido no Festival Astroworld". "Amo todos vocês", completou o rapper.

Scott, cujo nome real é Jacques Bermon Webster, ganhou projeção mundial por sua música na década passada. Seu terceiro álbum, Astroworld — mesmo nome do festival — foi criticamente aclamado, e a canção Sicko Mode foi sua primeira a chegar ao topo das paradas americanas. Ele está em um relacionamento com a caçula do clã Kardashian, Kylie Jenner. O casal têm uma filha, Stormi Webster, e espera um segundo bebê.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos