TRE atende pedido de Rodrigo e retira da internet propaganda de Tarcísio

***ARQUIVO*** SÃO PAULO-SP, BRASIL, 19-08-2022 - Governador Rodrigo Garcia e sua esposa  Luciana Garcia. 100 anos juntos somos uma festa: festa de Aniversário de Fernando José da Costa( Secretário de Justiça) e da esposa Cristiane Zanetti da Costa, no Villagio JK. (Foto: Ronny Santos/Folhapress)
***ARQUIVO*** SÃO PAULO-SP, BRASIL, 19-08-2022 - Governador Rodrigo Garcia e sua esposa Luciana Garcia. 100 anos juntos somos uma festa: festa de Aniversário de Fernando José da Costa( Secretário de Justiça) e da esposa Cristiane Zanetti da Costa, no Villagio JK. (Foto: Ronny Santos/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo determinou que o candidato ao governo Tarcísio de Freitas (Republicanos) retire da internet peça de campanha contra seu adversário Rodrigo Garcia (PSDB), por fazer propaganda negativa.

A campanha do atual governador pediu a remoção de uma propaganda que dizia que Rodrigo não se importava com a melhoria das condições de vida em favelas.

"Hoje, o governador só pisa na favela para inaugurar uma ou outra obra, enquanto o problema real não se resolve. É esgoto, é falta de estrutura, é desemprego e abandono", diz Tarcísio na peça, veiculada em redes sociais.

O governador alegou no pedido de liminar que a lei eleitoral proíbe o impulsionamento de vídeos em redes sociais que contenham conteúdo de campanha negativo contra adversários. O relator, Regis Barbosa Filho, aceitou os argumentos e ordenou a retirada do material de plataformas de internet.

A campanha do tucano também requereu que seja fixada multa contra a campanha de Tarcísio, mas o relator afirmou que esse ponto só será decidido com a discussão do mérito do pedido.

Rodrigo e Tarcísio travam uma batalha por uma vaga no segundo turno da eleição. Segundo pesquisa Datafolha divulgada na quinta-feira (1), o ex-ministro da Infraestrutura aparece com 21%, enquanto o tucano marca 16%.