TRE-PA e MP-RN: logos de instituições públicas são alvos de brincadeiras de cunho sexual na internet

Dois logos de instituições públicas do Brasil passaram a circular com frequência nas redes sociais nos últimos dias. O motivo seria a confusão que eles podem causar por permitirem uma leitura de termos obscenos nos símbolos.

Os principais alvos das brincadeiras foram o Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-PA) e o Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN). No primeiro caso, é possível ler a palavra “trepa” em alguns dos emblemas usados pelo tribunal, quando todas as letras estão alinhadas.

No segundo caso, apenas um símbolo específico permite o duplo sentido, quando um brasão da instituição, em formato redondo, “acrescenta” uma letra O entre o MP e o RN, permitindo a leitura como “MPORN” — “porn”, redução do termo pornografia, comumente utilizado na língua inglesa e em redes sociais e sites de conteúdo adulto.

Como a repercussão já existe há alguns anos, nos sites das instituições, no entanto, os símbolos deixaram de ser utilizados, sendo substituídos por modelos em que a “leitura” não é mais possível.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos