Trecho na Bela Vista, no centro de SP, será interditado por 48 meses a partir desta segunda (1º)

·2 min de leitura
**Arquivo**SÃO PAULO, SP, BRASIL, 24-05-2014 - Placa de identificação de via - Rua Rui Barbosa -  Degradação do bairro do Bexiga - Degradação do antigo Teatro Zaccaro na rua Rui Barbosa.  (Foto: Vinicius Pereira/Folhapress)
**Arquivo**SÃO PAULO, SP, BRASIL, 24-05-2014 - Placa de identificação de via - Rua Rui Barbosa - Degradação do bairro do Bexiga - Degradação do antigo Teatro Zaccaro na rua Rui Barbosa. (Foto: Vinicius Pereira/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Começa nesta segunda-feira (1º) a interdição das ruas Rui Barbosa e Pedroso, que ficam na região da Bela Vista, no centro da capital paulista, para obras de implantação da linha 6-laranja do metrô, que durarão, ao menos, 48 meses.

Segundo a Prefeitura de São Paulo, a rua Rui Barbosa ficará interditada no trecho entre a avenida Brigadeiro Luís Antônio e a rua Pedroso. Já a própria rua Pedroso ficará interditada no sentido da avenida Brigadeiro Luís Antônio à rua Rui Barbosa.

A gestão Ricardo Nunes (MDB) afirma que, enquanto as obras da futura estação Bela Vista estiverem acontecendo, estarão proibidas as conversões à direita da rua Pedroso para a venida Brigadeiro Luís Antônio.

Será implantada mão única de direção na rua Artur Prado, no sentido da rua Pedroso à rua Professor Sebastião soares. O mesmo acontecerá na rua Professor Sebastião Soares, no sentido da rua Aartur Prado à avenida Brigadeiro Luís Antônio.

A prefeitura aponta algumas alternativas para quem for circular na região com veículos.

"Motoristas com destino à Consolação deverão seguir pela avenida Brigadeiro Luís Antônio, sentido bairro, e virar à direita na rua 13 de Maio", afirma a administração municipal.

A pasta também dá orientações para veículos que estejam indo das ruas Pedroso, Rui Barbosa e Santa Madalena em direção à região do Paraíso.

"Estes deverão seguir pela avenida Brigadeiro Luís Antônio, sentido bairro, realizar o retorno junto à rua 13 de Maio, seguindo em direção ao destino desejado."

Outra alternativa apontada pela prefeitura é que veículos oriundos da rua Pedroso, que realizavam a conversão à direita para a avenida Brigadeiro Luís Antônio, devem, a partir de segunda-feira (1º), seguir pela rua Artur Prado, virar à esquerda na rua Prof. Sebastião Soares e virar à direita na av. Brig. Luís Antônio.

A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) atuará na região para monitorar a interdição e orientar motoristas.

A estação Bela Vista fará parte da futura linha 6-laranja, que ligará a Brasilândia, na zona norte da capital, à estação São Joaquim, no centro. Segundo o governo do estado, a linha ficará pronta em 2025 e terá 15 km, com 15 estações.

A promessa de construção da linha é antiga. Ela foi inicialmente prevista para 2013, mas os primeiros passos da obra só foram dados em 2015, o que mudou sua previsão de entrega para 2020.

Em 2016, as obras foram paralisadas por problemas na PPP (parceria público-privada) entre o governo do estado e o consórcio Move São Paulo e assim ficaram até 2020, quando uma nova parceria para a construção da linha foi feita.

Agora, a construção está sob a responsabilidade da Concessionária Linha Universidade, que tem como sua principal sócia a empresa espanhola Acciona. Ela será também a responsável pela operação da linha por 19 anos após a conclusão das obras.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos