Três atletas testam positivo e casos de Covid na Olimpíada chegam a 80 antes mesmo da abertura

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Amber Hill era um das favoritas ao ouro no tiro (Mike Egerton/PA Images via Getty Images)
Amber Hill era um das favoritas ao ouro no tiro (Mike Egerton/PA Images via Getty Images)

Três novos casos de Covid-19 foram confirmados em atletas que se preparavam para a Olimpíada de Tóquio. Com isso, chegou a 80 o número de testes positivos entre pessoas com credenciais para o evento, antes mesmo da abertura oficial.

Os novos casos foram diagnosticados na britânica Amber Hill, do tiro esportivo, na holandesa Candy Jacobs, do skate street feminino, e no norte-americano Taylor Crabb, do vôlei de praia. Todos eles foram cortados da Olimpíada.

Leia também:

No último balanço realizado pelo Comitê Olímpico Local, terça-feira (20), o presidente da entidade, Seiko Hashimoto, não foi assertivo ao divulgar informações sobre o número de testes positivo e informou apenas que “cerca de 80” casos haviam sido confirmados até então.

Das três novas baixas, Amber Hill era, teoricamente, a que mais tinha chances de medalha em Tóquio. A britânica é a atual número 1 do mundo na categoria Skeet e foi finalista nos Jogos Olímpicos do Rio, há cinco anos.

“Depois de cinco anos de treinamento e preparação, estou absolutamente arrasada em dizer que ontem à noite recebi um teste Covid-19 positivo, o que significa que tive que me retirar da equipe de tiro. Gostaria de desejar boa sorte a todos os membros da equipe. Voltarei disso, mas agora preciso de algum tempo para refletir e entender o que aconteceu”, lamentou.

Já Candy Jacobs era uma das maiores adversárias das brasileiras no skate. Em sua primeira participação em Jogos Olímpicos, a modalidade terá Pamela Rosa, Rayssa Leal e Letícia Bufoni como candidatas reais a medalha no street.

Candy Jacobs seria adversária de três brasileiras no skate street (Alexandre Schneider/Getty Images)
Candy Jacobs seria adversária de três brasileiras no skate street (Alexandre Schneider/Getty Images)

“Estou com o coração partido. Infelizmente, testei positivo para Covid-19 esta manhã, o que significa que minha jornada olímpica termina aqui. Estou saudável e fiz tudo a meu alcance para impedir este cenário, tomei todas as precauções”, garantiu nas redes sociais.

Já Taylor Crabb disputaria sua primeira edição de Jogos Olímpicos, ao lado do parceiro Jake Cribb. Seu irmão, Trevor, que também é profissional do vôlei de praia, lamentou o ocorrido.

“É uma situação terrível”, disse à rede de televisão NBC. “Taylor está bem e saudável e deveria ser autorizado a jogar, em minha opinião pessoal.”

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos