Três pessoas com Covid-19 morrem em AME de Santo André por falta de oxigênio

·2 minuto de leitura
Pacientes morreram após pane no abastecimento de ar em Santo André (Gustavo Basso/NurPhoto via Getty Images)
Pacientes morreram após pane no abastecimento de ar em Santo André (Gustavo Basso/NurPhoto via Getty Images)
  • Uma senhora de 80 anos e dois homens de 41 foram as vítimas

  • Secretaria Estadual de Saúde prometeu investigar o ocorrido

  • Diretor do ambulatório afirmou que houve uma pane no fornecimento de oxigênio

Três pessoas diagnosticadas com Covid-19 morreram nesta terça-feira na UTI do Ambulatório Médico de Especialidades (AME) em Santo André-SP por falta de ar. A informação foi divulgada pelo G1.

As vítimas não tiveram a identidade revelada, mas são uma senhora de 80 anos e dois homens de 41. Em nota, a Secretaria Estadual de Saúde confirmou os óbitos e prometeu abrir sindicância para apurá-los

Leia também

O diretor-geral do ambulatório, Manuel Miranda, confirmou a falha no abastecimento de oxigênio. Em entrevista ao SP1, da TV Globo, ele explicou que ouve “um problema no backup” do fornecimento por causa de uma pane.

A Secretaria determinou que a Fundação ABC, organização social de saúde gestora da unidade, afaste os eventuais responsáveis pelo caso até que a investigação termine.

Covid-19 tem assolado o estado de São Paulo (Mario Tama/Getty Images)
Covid-19 tem assolado o estado de São Paulo (Mario Tama/Getty Images)

O órgão explicou ainda que a manutenção no fornecimento foi realizada e o oxigênio voltou a ser abastecido normalmente.

Vacinação de pessoas entre 30 e 39 anos com comorbidades

A partir desta quarta-feira (2), o estado de São Paulo começa a vacinação contra a Covid-19 de pessoas com comorbidades e com deficiência permanente (dentro do BPC) de 30 a 39 anos. O grupo soma 1,2 milhão de pessoas.

O anúncio foi feito pelo governador João Doria (PSDB) nas redes sociais. O tucano lembrou que é importante fazer o pré-cadastro antes de ir a um posto de vacinação.

Ao longo do mês de junho, o governo paulista se comprometeu a vacinar todas as pessoas com doenças preexistente e com deficiência. As datas estão sendo divulgadas ao longo do mês pelo governador João Doria.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos