Treze ônibus do corredor exclusivo BRT são depredados no Rio

Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil

O Consórcio BRT, que administra os corredores exclusivos de ônibus no Rio de Janeiro, informou que desde a madrugada de hoje (28) foram depredados 13 coletivos articulados. Segundo o consórcio, como depredações são frequentes, janelas e portas são estocados preventivamente. Então, os veículos já foram reparados e se encontram em operação.

O BRT informou ainda que, apesar da greve geral, convocada para hoje, para protestar contra as reformas trabalhista e da Previdência propostas pelo governo federal, o serviço está funcionando.

Pelo menos duas manifestações na manhã de hoje afetaram o funcionamento do sistema BRT. Um protesto na estação Mato Alto, da linha Transoeste, interrompeu parcialmente a circulação durante algum tempo na direção de Santa Cruz, e outro na Avenida Abelardo Bueno, da linha Transcarioca, provocou alguns atrasos.

O Centro de Operações Rio está em estágio de atenção desde às 6h50 de hoje devido a bloqueios no tráfego e impactos no sistema de transporte público da cidade do Rio.