TRF concede liberdade a Carlinhos Cachoeira

Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, durante CPI em Brasília (Foto: A/ Arquivo)O desembargador Tourinho Neto, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, determinou nesta sexta-feira habeas corpus para a soltura imediata do bicheiro Carlinhos Cachoeira.Porém, como há outro mandado de prisão contra o bicheiro, ele não será liberado do presídio da Papuda, em Brasília.

Leia também:
Mulher de Cachoeira é convocada para depor na CPI

STF nega suspender processo de Demóstenes no Conselho de Ética

Esse segundo mandado foi expedido pela quinta Vara de Justiça do Distrito Federal, e é relacionado à Operação Saint Michel, da Polícia Federal, posterior à Operação Monte Carlo, que culminou na prisão de Cachoeira.

O mesmo desembargador que decidiu favoravelmente ao contraventor nesta sexta-feira, também julgou um outro habeas corpus apresentado pela defesa de Cachoeira, pedindo que fossem declaradas ilegais as escutas da operação da PF. Tourinho Neto votou a favor ao pedido, argumentando que a autorização para a realização das escutas não foi bem fundamentada. Mas pedido de vista de outro desembargador adiou a decisão, que ainda está pendente.

Cachoeira está preso desde o final de fevereiro no complexo penitenciário da Papuda, em  Brasília.

*Com informações da Agência O Globo

Carregando...

YAHOO NOTÍCIAS NO FACEBOOK

Siga o Yahoo Notícias