TRI DA AMÉRICA! Palmeiras bate o Flamengo conquista a Copa Libertadores

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·6 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Palmeiras players celebrate with the trophy of the Copa Libertadores football tournament after defeating Flamengo in the all-Brazilian final match, at the Centenario stadium in Montevideo, on November 27, 2021. (Photo by Juan Mabromata / AFP) (Photo by JUAN MABROMATA/AFP via Getty Images)
Palmeiras players celebrate with the trophy of the Copa Libertadores football tournament after defeating Flamengo in the all-Brazilian final match, at the Centenario stadium in Montevideo, on November 27, 2021. (Photo by Juan Mabromata / AFP) (Photo by JUAN MABROMATA/AFP via Getty Images)

TRI-CAMPEÃO DA AMÉRICA!

Em um jogo definido na prorrogação, o Palmeiras superou o Flamengo por 2 a 1 e conquistou a taça da Copa Libertadores

O Verdão abriu o placar logo no início do primeiro tempo, com Raphael Veiga, e viu o Flamengo empatar na metade do segundo tempo, com Gabigol. Na prorrogação, Deyverson aproveitou uma falha em um recuo de Andres Pereira para fazer o gol do título.

Palmeiras' Deyverson celebrates after scoring against Flamengo during the Copa Libertadores football tournament all-Brazilian final match, at the Centenario stadium in Montevideo, on November 27, 2021. (Photo by Juan Mabromata / AFP) (Photo by JUAN MABROMATA/AFP via Getty Images)
Palmeiras' Deyverson celebrates after scoring against Flamengo during the Copa Libertadores football tournament all-Brazilian final match, at the Centenario stadium in Montevideo, on November 27, 2021. (Photo by Juan Mabromata / AFP) (Photo by JUAN MABROMATA/AFP via Getty Images)

COMO FOI O PRIMEIRO TEMPO?

O embate tático entre Abel Ferreira e Renato "Gaúcho" Portaluppi começou já na escalação. Enquanto o Rubro-Negro entrou com o que tinha de melhor à disposição, colocando De Arrascaeta desde o início, o comandante do Palmeiras escolheu Danilo para o lugar do volante Felipe Melo.

Logo aos 6min, o meia Raphael Veiga abriu o placar para o Verdão em uma jogada que nasceu no lançamento de Gustavo Gómez. A bola do zagueiro paraguaio encontrou Mayke livre em cima da defesa embaralhada do Flamengo, o lateral cruzou rasteiro para o chute certeiro de Veiga e a bola passou embaixo do goleiro Diego Alves.

Matheuzinho do Flamengo luta pela bola com Danilo Barbosa do Palmeiras durante a partida final da Copa CONMEBOL Libertadores 2021 entre Palmeiras e Flamengo no Estádio Centenário em 27 de novembro de 2021 em Montevidéu, Uruguai. (Foto de Ernesto Ryan / Getty Images)
Matheuzinho do Flamengo luta pela bola com Danilo Barbosa do Palmeiras durante a partida final da Copa CONMEBOL Libertadores 2021 entre Palmeiras e Flamengo no Estádio Centenário em 27 de novembro de 2021 em Montevidéu, Uruguai. (Foto de Ernesto Ryan / Getty Images)

Com gol na final, Veiga atingiu temporada mais artilheira da carreira. Meia chegou a 18 gols na temporada, mesmo número da temporada de 2020, quando o alviverde foi campeão do torneio continental. Antes, a temporada mais artilheira de Veiga tinha sido em 2018, quando marcou nove gols com o Athletico.

O gol no início era tudo o que o time de Abel Ferreira queria: reação e contra-ataque. O Palmeiras deixava a bola nos pés do Flamengo à espera de um contra-ataque puxado pelos velozes Rony e Dudu nos espaços deixados pelos laterais. 

O Rubro-Negro demorou a se encontrar no jogo para trocar passes e furar a marcação baixa do time palmeirense. A primeira finalização certa do Flamengo saiu em uma das clássicas jogadas do time: cruzamento de Gabigol para Bruno Henrique no segundo pau, exigindo uma boa defesa de Weverton, que foi pouco acionado.

Leia mais sobre a conquista do Verdão

Antes do fim, o Flamengo perdeu o lateral Filipe Luís por lesão. O lateral saiu com dores na panturrilha esquerda. O problema é reincidente. No começo de setembro, o veterano teve que deixar a equipe por alguns jogos. Ele retornou, mas voltou a sentir, desta vez uma contusão na coxa direita.

MONTEVIDÉU, URUGUAI - 27 DE NOVEMBRO: David Luiz do Flamengo luta pela bola com Rony do Palmeiras durante a partida final da Copa CONMEBOL Libertadores 2021 entre Palmeiras e Flamengo no Estádio Centenário em 27 de novembro de 2021 em Montevidéu, Uruguai. (Foto de Buda Mendes / Getty Images)
MONTEVIDÉU, URUGUAI - 27 DE NOVEMBRO: David Luiz do Flamengo luta pela bola com Rony do Palmeiras durante a partida final da Copa CONMEBOL Libertadores 2021 entre Palmeiras e Flamengo no Estádio Centenário em 27 de novembro de 2021 em Montevidéu, Uruguai. (Foto de Buda Mendes / Getty Images)

COMO FOI O SEGUNDO TEMPO?

Já no segundo tempo, o time de Renato Gaúcho voltou mais "acordado" e disposto a mostrar o futebol envolvente que o classificou à decisão. Logo de início, duas chances promissoras com Gabigol e que mostravam o novo fôlego do time. 

O Palmeiras se manteve fiel ao seu jogo de fechar-se atrás e deixar a bola com o Flamengo na intermediária. Apesar de algumas boas chances do time de Abel — Rony encaixou um chute de fora da área que exigiu grande defesa de Diego Alves — o Rubro-Negro cresceu e passou a levar mais perigo. 

Mas foi Weverton quem trabalhou mais com defesas em chutes como o David Luiz. A entrada de Michael na vaga de Éverton Ribeiro fez o jogo ficar às voltas da área palmeirense. Aos 26min, o Flamengo conseguiu o empate com Gabigol em um chute cruzado no pé da trave. 

MONTEVIDÉU, URUGUAI - 27 DE NOVEMBRO: Gabriel Barbosa do Flamengo marca o primeiro gol de seu time durante a partida final da Copa CONMEBOL Libertadores 2021 entre Palmeiras e Flamengo no Estádio Centenário em 27 de novembro de 2021 em Montevidéu, Uruguai. (Foto de Ernesto Ryan / Getty Images)
MONTEVIDÉU, URUGUAI - 27 DE NOVEMBRO: Gabriel Barbosa do Flamengo marca o primeiro gol de seu time durante a partida final da Copa CONMEBOL Libertadores 2021 entre Palmeiras e Flamengo no Estádio Centenário em 27 de novembro de 2021 em Montevidéu, Uruguai. (Foto de Ernesto Ryan / Getty Images)

O atacante recebeu, se livrou de Mayke na velocidade e chutou no canto de Weverton para marcar. Do gol até o apito, foram poucas emoções dos dois lados, exceto por uma ótima chance perdida por Michael, que chutou para fora aos 40min.

COMO FOI A PRORROGAÇÃO?

Assim como no início do jogo, o Palmeiras renovou o fôlego e abriu o placar com Deyverson logo aos 4min. O atacante, que entrou na prorrogação no lugar do ídolo Dudu, aproveitou uma falha de Andres Pereira e colocou o Palmeiras na frente. 

O volante recebeu a bola de costas para Deyverson e ficou na dúvida se recuava a bola para Diego Alves. O atacante apertou, roubou a bola e chutou na saída do goleiro para dar o gol do título ao Palmeiras. O Flamengo até tentou ser mais ofensivo com Kennedy, Vitinho e Pedro, mas não conseguiu furar a defesa bem postada do time de Abel. 

Deyverson do Palmeiras chuta para marcar no goleiro do Flamengo Diego Alves durante a final da Copa Libertadores de futebol totalmente brasileira, no estádio Centenário, em Montevidéu, em 27 de novembro de 2021. (Foto de EITAN ABRAMOVICH / AFP) (Foto de EITAN ABRAMOVICH / AFP via Getty Images)
Deyverson do Palmeiras chuta para marcar no goleiro do Flamengo Diego Alves durante a final da Copa Libertadores de futebol totalmente brasileira, no estádio Centenário, em Montevidéu, em 27 de novembro de 2021. (Foto de EITAN ABRAMOVICH / AFP) (Foto de EITAN ABRAMOVICH / AFP via Getty Images)

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 2X1 FLAMENGO


Data e hora: 27/11/2021, às 17h (de Brasília)
Local: Estádio Centenário, em Montevidéu (URU)
Árbitro: Nestor Pitana (ARG)
Assistentes: Juan Bellati (ARG) e Gabriel Chade (ARG)
VAR: Julio Bascuñan (CHI)

Gols: Raphael Veiga (1-0, 5'/1ºT), Gabriel Barbosa (1-1, 26'/2ºT) e Deyverson (2-1, 4'/1ºP)

Cartão amarelo: Piquerez, Gustavo Gómez e Felipe Melo (PAL); Rodrigo Caio, Gabriel Barbosa, Arrascaeta (FLA)
Cartão vermelho: Não houve.

PALMEIRAS (Técnico: Abel Ferreira)

Weverton; Mayke (Gabriel Menino, 15'/1ºP), Gustavo Gómez, Luan e Piquerez (Felipe Melo, 7'/2ºP); Danilo (Patrick de Paula, 24'/2ºT), Zé Rafael (Danilo Barbosa, 36'/2ºT), Gustavo Scarpa e Raphael Veiga (Deyverson. 0'/1ºP); Dudu (Wesley, 31'/2ºT) e Rony.

FLAMENGO (Técnico: Renato Gaúcho)

Diego Alves; Isla (Matheuzinho, 33'/2ºT), Rodrigo Caio, David Luiz e Filipe Luís (Renê, 30'/2ºT); Willian Arão, Andreas Pereira (Pedro, 5'/2ºP), Everton Ribeiro (Michael, 17'/2ºT) e Arrascaeta (Vitinho, 5'/2ºP); Bruno Henrique (Kenedy, 0'/1ºP) e Gabigol.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos