Tribunais de Contas oferecem ajuda ao TSE para examinar contas eleitor

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon) propôs ao TSE auxílio no exame de prestação de contas de candidatos nas próximas eleições.

A ideia foi levada pelo presidente da entidade, Cezar Miola, ao ministro Edson Fachin, que comanda a corte eleitoral, em reunião virtual na última quarta-feira (1º).

A Atricon, que representa 32 tribunais de conta da União, estados e municípios, se propõe a disponibilizar técnicos para ajudar no trabalho de checagem das contas, especialmente na aplicação correta de recursos públicos, como o fundo eleitoral.

"A nossa experiência e conhecimento no controle, somados ao propósito de cooperação no âmbito federativo e a defesa do interesse público, nos motivam para somar esforços com a Justiça Eleitoral", afirmou Miola.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos