Tribunal dos EUA mantém plano de implantação de satélite da SpaceX

WASHINGTON (Reuters) - Um tribunal de apelações dos Estados Unidos confirmou nesta sexta-feira a decisão da Comissão Federal de Comunicações (FCC) de aprovar um plano da SpaceX para implantar satélites Starlink em órbita terrestre mais baixa do que ao planejada como parte do esforço para oferecer internet de banda larga baseada no espaço.

A SpaceX, de Elon Musk, ganhou a aprovação da FCC em 2021 para operar 2.824 satélites em órbita mais baixa como parte do plano de fornecer serviços de internet de banda larga de alta velocidade para pessoas hoje sem acesso. Os concorrentes Viasat e DISH Network contestaram o aval da Comissão.

(Por David Shepardson e Jonathan Stempel)