Tribunal sul-coreano aprova mandado de prisão contra presidente deposta Park

SEUL (Reuters) - Um tribunal sul-coreano disse na sexta-feira (horário local) que aprovou um mandado de prisão contra a presidente deposta Park Geun-hye, que foi afastada em março por acusações de suborno.

Park pode ser mantida em uma cela por até 20 dias, enquanto é investigada por acusações de suborno e abuso de poder presidencial.

(Reportagem de Cynthia Kim)