Trio é preso por suspeita de roubar caminhão que ficou pendurado em muro de prédio em SP

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Três homens foram presos sob a suspeita de envolvimento no roubo de um caminhão frigorífico, que derrubou o muro do estacionamento de um condomínio de prédios, na noite de quarta-feira (2), em Pirituba (zona norte da capital paulista), após o veículo ser manobrado em um estacionamento vizinho ao conjunto habitacional.

Segundo o 33º DP (Pirituba), que investiga o caso, um suspeito foi preso depois de o caminhão ser abandonado na ribanceira do condomínio, onde o veículo ficou pendurado até o início da tarde de quinta-feira (3), quando foi retirado dali.

Outros dois homens, acrescentou a polícia, foram presos após retornarem ao local onde o veículo havia colidido, dois dias após o acidente. Ambos teriam confessado participação no roubo do caminhão, que transportava uma carga de carne.

A SSP (Secretaria da Segurança Pública) afirmou que a Polícia Civil solicitou à Justiça a prisão preventiva do trio. "As investigações seguem para esclarecer os fatos", diz trecho de nota, enviada neste domingo (6).

Caudete Martins, 40 anos, síndica do conjunto habitacional e moradora no local há 18 anos, contou na ocasião do acidente que foi avisada sobre a colisão por meio de um grupo de mensagens no celular, formado por moradores do prédio.

"O susto foi bem grande. Não acreditei. Quando uma moradora mandou a foto, pedi para todos evacuarem o prédio e ajudassem quem não pudesse descer", disse Claudete.

A síndica relatou ainda que 82 famílias, de dois blocos do condomínio, ficaram sem dormir. Uma parte recebeu abrigo de vizinhos, a outra ficou na academia que pertence ao conjunto habitacional. "Contamos com a solidariedade dos outros moradores e, assim, passamos a noite em claro", lamentou.