Balsa bate em barco e 18 pessoas que voltavam de casamento morrem em Mianmar

Bangcoc, 8 abr (EFE).- Pelo menos 18 pessoas morreram e dezenas estão desaparecidas após a colisão, na noite de sexta-feira, de um barco com uma balsa em um rio no oeste de Mianmar, segundo informações divulgadas neste sábado pelos veículos de imprensa locais.

A balsa, onde viajavam cerca de 80 passageiros, naufragou logo após se chocar com o barco de mercadorias, que seguia para a cidade de Pathein, um porto a mais de 100 quilômetros de Yangun, a principal cidade do país, de acordo com o jornal estatal "Global New Light of Mianmar".

Fontes oficiais disseram ao jornal governista que os mortos são quatro homens e 14 mulheres e todos estavam retornando para suas casas após participarem de um casamento em uma cidade próxima.

As autoridades continuam hoje com as operações de busca e resgate, sem apresentar números de desaparecidos.

O mal estado das embarcações e a sobrecarga costumam ser as principais causas dos naufrágios em Mianmar, um meio de transporte popular na região.

Em outubro do ano passado, 73 pessoas morreram quando um navio, que transportava 300 pessoas, excedendo sua capacidade, colidiu com uma rocha no estado de Sagaing. EFE