Tropas russas libertaram a paramédica ucraniana Yuliia Paievska

Tropas russas libertaram a paramédica ucraniana Yuliia Paievska

Depois de quase uma semana em cativeiro, as tropas russas libertaram a paramédica ucraniana Yuliia Paievska, conhecida como "Tayra". Ficou conhecida por gravar seu trabalho em Mariupol durante o cerco russo. O presidente da Ucrânia, deu a notícia

Zelenskyy disse que podia finalmente fazer o anúncio da libertação da paramédica ucraniana Yulia Payevska, do cativeiro. Dizendo-se grato a todos os que trabalharam para este resultado e que vão "continuar a trabalhar para libertar toda a gente".

A paramédica também publicou um vídeo agradecendo ao presidente, Volodymyr Zelenskyy, pela sua libertação e por organizar a troca. Dizendo que sempre acreditou e que todos que estão agora do outro lado sabem que tudo será resolvido", disse.

Para libertar Paievska, a Rússia e a Ucrânia realizaram uma troca de prisioneiros. Segundo os serviços de inteligência do Ministério da Defesa ucraniano, cinco cidadãos ucranianos capturados foram devolvidos à Ucrânia a 18 de junho em troca de outros cinco cidadãos russos capturados.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos