Trump, amante do 'fast food', goza de excelente saúde

Trump recebe em 14 de janeiro os atletas da equipe de futebol americano universitário campeão dos Estados Unidos, os Clemson Tigers, com uma montanha de hambúrgueres e pizzas

O presidente americano, Donald Trump, conhecido por ser um apreciador de 'fast food' e pela falta de inclinação à prática de atividades físicas, goza de "muito boa saúde", disse nesta sexta-feira (8) seu médico, depois de um check-up anual.

"Fico feliz em anunciar que o presidente dos Estados Unidos goza de muito boa saúde e antecipo que a manterá durante sua Presidência e posteriormente", afirmou o médico Sean Conley em um memorando divulgado pela Casa Branca.

O helicóptero Marine One trouxe de volta o presidente de 72 anos do Centro Médico Militar Nacional Walter Reed, nos arredores de Washington, onde ele se submeteu a exames durante quatro horas.

Vestindo um sobretudo escruto, Trump erguei o polegar ao chegar à Casa Branca, mas não respondeu às perguntas dos jornalistas.

Não está claro quais resultados serão divulgados ou quando, mas no ano passado, ele divulgou tudo, de níveis de colesterol (alto) ao peso (108 kg).

O então médico-chefe de Trump, Ronny Jackson, convocou uma coletiva e declarou que Trump se encontra em "excelente estado de saúde".

Mas uma equipe médica diferente avaliou Trump este ano porque Jackson, um contra-almirante da Marinha, teve problemas por suposta má conduta ética.

Trump tem a seu favor não fumar nem beber. Ele diz que nunca tomou uma cerveja. Mas por outro lado, o magnata do setor imobiliário e ex-apresentador de 'reality show' assume sem pudores o vício em televisão.