Trump ameaça adotar grandes tarifas sobre importações de carros da UE se não houver acordo

Fórum Econômico Mundial de Davos

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ameaçou nesta quarta-feira impor altas tarifas sobre as importações de carros da União Europeia se o bloco não fechar um acordo comercial.

SIGA O YAHOO FINANÇAS NO INSTAGRAM

INSTALE O APP DO YAHOO FINANÇAS (ANDROID / iOS)

Trump já havia anteriormente feito ameaças de taxar importações automobilísticas europeias, com a intenção de conseguir termos melhores na relação comercial EUA-Europa. Trump adiou várias vezes a aplicação de tarifas.

Leia também

"Eu me encontrei com a nova chefe da Comissão Europeia, que é excelente. E tive uma grande conversa. Mas disse 'olha, se não conseguirmos algo, terei que tomar uma ação' e a ação será tarifas bastante altas sobre seus carros e outras coisas que entram no nosso país", disse Trump à CNBC em entrevista no Fórum Econômico Mundial de Davos.

Ursula von der Leyen sucedeu Jean-Claude Juncker no fim de 2019 como a principal autoridade da UE, tornando-se a primeira mulher a ocupar o cargo.

Os EUA também ameaçaram taxas de até 100% sobre produtos franceses, de champanhe a bolsas, devido a um imposto sobre serviços digitais que Washington diz prejudicar as empresas de tecnologia dos EUA.

Trump disse à CNBC que a União Europeia tem que fechar um acordo sobre comércio. "Eles não têm escolha", disse Trump.

Em entrevista separada em Davos à Fox Business News, Trump explicou que as tarifas sobre carros da UE podem chegar a 25%.

(Por Toby Chopra)