Trump critica atuação do Brasil no combate à pandemia: “Ficam falando sobre a Suécia”

Presidente Donald Trump, considerado por Jair Bolsonaro como aliado (Foto: Mandel Ngan/AFP via Getty Images)

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, falou nessa sexta-feira, 5, sobre a situação do Brasil em relação ao coronavírus. Trump afirmou que, se tivesse agido como fizeram os brasileiros, seria até 2,5 milhões de mortos a mais no país.

E nos siga no Google News:

Yahoo Notícias | Yahoo Finanças | Yahoo Esportes | Yahoo Vida e Estilo

“Se você olhar para o Brasil, eles estão em um momento muito difícil. Ele eles ficam falando sobre a Suécia, (..) e a Suécia também vive um período terrível”, apontou o presidente norte-americano, considerado por Jair Bolsonaro como aliado.

Os dois países citados por Trump não adotaram medidas restritas de isolamento social. A Suécia é um dos países com maior índice de contaminados e mortes pelo coronavírus, enquanto o Brasil já tem mais de 30 mil portes pela doença.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

“Se tivesse feito isso, teríamos perdido 1 milhão, 1,5 milhão, talvez até 2,5 milhões de vidas a mais”, avaliou Trump. Nos Estados Unidos, 108 mil pessoas morreram de Covid-19.

Leia também

 O presidente afirmou que, se optassem pela estratégia de imunidade de rebanho, quando se expõe todas as pessoas à doença, seriam pelo menos dez vezes mais mortes.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.