Netanyahu e Merkel acordam reunião em Jerusalém nos próximos meses

Jerusalém, 20 mar (EFE).- O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, e a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, decidiram nesta terça-feira realizar uma cúpula bilateral em Jerusalém nos próximos meses, informou o governo israelense em comunicado.

Netanyahu conversou por telefone com Merkel e "a felicitou pela formação de governo. Ambos acordaram que o tradicional encontro 'governo a governo' seria realizado nos próximos meses em Jerusalém, Israel", diz a nota.

Por enquanto, não há uma data confirmada para o encontro.

O primeiro-ministro israelense, que também está à frente do Ministério das Relações Exteriores, falou previamente o novo chefe da diplomacia alemã, Heiko Maas, a quem deu os parabéns pelo cargo e com quem combinou uma reunião antes do encontro com Merkel.

A alemã foi nomeada chanceler pela quarta vez na última quarta-feira, após receber o apoio da maioria absoluta no Bundestag (parlamento alemão), quase seis meses depois das eleições gerais e de novo apoiada em uma grande coalizão com os social-democratas.

No ano passado, Israel e a Alemanha adiaram sua reunião anual. Pouco depois, aconteceu um atrito entre os países quando Netanyahu se negou a receber o então ministro das Relações Exteriores, Sigmar Gabriel, após este se reunir com uma ONG israelense crítica à ocupação dos territórios palestinos. EFE