Trump e PGA fecham acordo sobre torneio de golfe descartado após ataque ao Capitólio

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Ex-presidente dos EUA Donald Trump
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Por Jan Wolfe

(Reuters) - O ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump resolveu uma disputa com a Associação de Golfistas Profissionais (PGA)decorrente da decisão da entidade de retirar um grande torneio de um campo de propriedade de Trump no início deste ano, informou a associação.

Em um comunicado à imprensa, a PGA disse que firmou um acordo confidencial com a Organização Trump que resolve as reivindicações legais resultantes de sua decisão de boicotar o campo de golfe de Trump em Bedminster, Nova Jersey, na esteira do ataque ao Capitólio dos EUA.

"Os termos do entendimento permanecerão confidenciais, mas representantes tanto da PGA quanto da Organização Trump expressaram satisfação com o acordo", disse o comunicado.

No dia 10 de janeiro, a PGA anunciou que estava retirando o Trump National Golf Club de Bedminster, em Nova Jersey, do Campeonato PGA de 2022 --um dos quatro torneios de maior prestígio do calendário anual de golfe-- após uma votação de seu conselho de diretores.

"Fica claro que realizar o Campeonato PGA no Trump Bedminster seria prejudicial para a marca PGA of America", disse o presidente da entidade, Jim Richerson, em um vídeo no qual anunciou a decisão.

Quatro pessoas morreram durante o ataque de 6 de janeiro e um policial do Capitólio morreu no dia seguinte devido aos ferimentos sofridos ao defender o edifício do Congresso. Mais de 100 policiais ficaram feridos durante a invasão de várias horas de apoiadores de Trump, e desde então quatro se suicidaram.

Mais de 700 pessoas foram presas por sua ligação com a invasão do Capitólio.

O comunicado à imprensa da PGA não disse se os campos de golfe de Trump receberão torneios futuros da associação.

"Ansiamos por continuar a apoiar a missão da PGA e seus profissionais, que são os melhores da indústria do golfe", disse Eric Trump, filho do ex-presidente e executivo da Organização Trump, em um comunicado que foi incluído no documento da PGA.

(Por Jan Wolfe, em Boston)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos