Trump: EUA acompanha "de perto" protestos no Irã

Presidente americano, Donald Trump, na Casa Branca em 9 de janeiro de 2020

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou neste sábado que seu governo observa os protestos no Irã, desatados depois de Teerã reconhecer que derrubou um avião ucraniano, em um incidente em que morreram 176 pessoas.

"Ao corajoso e tão sofrido povo do Irã: estou com vocês desde o começo da minha presidência, e meu governo continuará estando com vocês", tuitou Trump. "Acompanhamos os protestos de perto", acrescentou.

Trump também pediu ao governo iraniano que evite "outro massacre de manifestantes pacíficos".

"O governo do Irã deve permitir que os grupos de direitos humanos monitorem e informem do terreno sobre os protestos em curso do povo iraniano", tuitou Trump. "Não pode haver outro massacre de manifestantes pacíficos nem um bloqueio da internet. O mundo está de olho", disse em aparente referência a uma ofensiva iraniana contra os protestos.