Trump interrompe entrevista e ameaça publicar conteúdo antes de programa ir ao ar

·1 minuto de leitura
President Donald Trump acknowledges his supporters after speaking at a campaign rally at Erie International Airport, in Erie, Pa, Tuesday, Oct. 20, 2020. (AP Photo/Gene J. Puskar)
Trump recusou gravar última parte da entrevista da CBS (Foto: AP Photo/Gene J. Puskar)

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, deixou o programa “60 minutos” no meio da entrevista, gravada na última segunda-feira, 19. Candidato à reeleição, Trump usou as redes sociais para dizer que a entrevista feita no programa, um dos mais famosos no país, foi falsa e enviesada.

Segundo o New York Times, durante a gravação, Trump interrompeu a entrevista e disse que a equipe da CBS, onde o programa é transmitido, já tinha material suficiente. Foram cerca de 45 minutos de entrevista.

Trump ainda se recusou a fazer outra parte da entrevista, em que andaria pela Casa Branca com o vice-presidente, Mike Pence, e com Leslie Stahl, conversando.

A entrevista será exibida oficialmente no próximo domingo, 25, mas, segundo Trump, ele considera publicar o conteúdo antes.

“Estou honrado em afirmar a vocês que, por uma questão de precisão em reportar, eu estou considerando postar minha entrevista para Lesley Stahl do ’60 minutos’, antes de ir ao ar. Isso sera feito para que todos possam ver que essa entrevista é falsa e enviesada”, escreveu o presidente nas redes sociais.

Leia também

Trump ainda postou um vídeo de seis segundos em que a apresentador aparece sem máscara, logo após a entrevista. “Lesley Stahl do ’60 minutos’ sem máscara na Casa Branca depois da entrevista comigo. Muito mais está por vir”, postou.

De acordo com a CNN, uma fonte garantiu que o vídeo foi feito logo que a entrevista acabou e que a jornalista usou máscara desde que entrou na Casa Branca até o começo da gravação com Trump.