Trump lançará nova candidatura à Casa Branca enquanto republicanos digerem derrotas

FOTO DE ARQUIVO: Noite das eleições de meio de mandato em Mar-a-Lago em Palm Beach

Por Andy Sullivan e Steve Holland

WASHINGTON (Reuters) - Donald Trump lançará uma nova candidatura à Casa Branca nesta terça-feira, na esperança de afastar potenciais rivais republicanos e trazer de volta suas falsas alegações de fraude eleitoral ao centro da política norte-americana.

O anúncio de Trump, marcado para às 21h (23h, no horário de Brasília) em seu resort em Palm Beach, na Flórida, vem após um desfecho decepcionante nas eleições parlamentares de meio de mandato da semana passada, com muitos republicanos culpando o ex-presidente.

O lançamento excepcionalmente antecipado pode muito bem ter a ver com o objetivo de afastar potenciais candidatos à indicação do partido em 2024, incluindo o governador da Flórida Ron DeSantis, de 44 anos, e o ex-vice-presidente de Trump, Mike Pence, de 63.

Fontes próximas a Trump, de 76 anos, disseram que ele planeja seguir em frente apesar dos resultados mistos de seus apoios neste ano, com as derrotas do médico celebridade Mehmet Oz, na Pensilvânia, e de Don Bolduc, em New Hampshire, contribuindo para o fracasso dos republicanos em conquistar a maioria no Senado dos Estados Unidos.

Outro candidato escolhido por Trump, o ex-astro do futebol Herschel Walker, disputará um segundo turno em 6 de dezembro na sua corrida pela Geórgia contra o senador democrata dos EUA Raphael Warnock. Isso tem levantado algumas preocupações de que o anúncio de Trump possa novamente prejudicar as chances do partido em um segundo turno na Geórgia, como no segundo turno do pleito de janeiro de 2021 que garantiu aos democratas sua atual maioria.

(Por Andy Sullivan and Steve Holland)