Trump pede a presidente chinês que negocie com manifestantes em Hong Kong

(Arquivo) O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump (es), e o presidente chinês, Xi Jinping (d), em Osaka

O presidente americano Donald Trump afirmou nesta quinta-feira que uma reunião entre o líder chinês Xi Jinping e ativistas pró-democracia em Hong Kong poderia levar a um final feliz para a situação após meses de protestos.

"Se o presidente Xi se reunisse diretamente e pessoalmente com os manifestantes, haveria um final feliz e promissor para o problema de Hong Kong. Não tenho dúvidas!", tuitou Trump.

Pequim, que criticou na quarta-feira agressões "de tipo terrorista" contra seus habitantes nos confrontos em Hong Kong, concentrou forças da polícia militar em um estádio de Shenzhen, cidade próxima da fronteira.

Após dois meses de protestos em Hong Kong a favor da democracia, Pequim deu a entender nos últimos dias que poderia empregar a força para restabelecer a ordem na ex-colônia britânica.