Trump remove seu estrategista-chefe do Conselho de Segurança Nacional

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, removeu seu polêmico estrategista-chefe, Stephen Bannon, do Conselho de Segurança Nacional, revogando a controversa decisão inicial de dar a Bannon acesso às reuniões do órgão.

Um novo memorando sobre a composição do Conselho de Segurança Nacional foi publicado nesta quarta-feira (5) e não lista Bannon como membro do Comitê Diretor, um grupo de altos funcionários que se reúnem para discutir as assuntos importantes ligados à segurança nacional.

A incorporação de Bannon ao Conselho de Segurança Nacional foi criticada nos EUA sob o argumento de que Bannon tinha pouca experiência na área, além de ser inadequado para o assessor político desempenhar um papel em questões de segurança nacional.

Bannon capitaneava o Breitbart News, site ultraconservador acusado de racismo e xenofobia.