Trump tem 'boa química' com Xi

(Arquivo) Foto tirada em 6 de abril de 2017 mostra o presidente americano, Donald Trump (E), com o presidente chinês, Xi Jinping, na Flórida

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta quarta-feira que criou uma "boa química" com o líder chinês, Xi Jinping, durante a cúpula informal da semana passada, na Flórida, assinalando sua crença de que Pequim está disposto a cooperar com Washington sobre a Coreia do Norte.

Trump e Xi se reuniram pela primeira vez na quinta e sexta-feira passadas, na residência do presidente americano em Mar-ao-Lago, com o objetivo de aproximar posições.

Apesar da reunião ter sido eclipsada pela decisão de Trump de bombardear uma base aérea síria em represália a um suposto ataque químico do regime de Bashar al Assad, o presidente americano e Xi ficaram satisfeitos com o resultado do encontro.

"Tivemos uma boa relação. Acredito que houve uma boa química entre nós. Acredito que ele quer nos ajudar na Coreia do Norte. Falamos sobre comércio", explicou Trump em entrevista coletiva ao lado do secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg.

"Fiquei muito impressionado com o presidente Xi e acredito que ele tem boas intenções e quer nos ajudar. Logo veremos se fará isto ou não".

Os dois líderes voltaram a conversar na terça-feira, em um telefonema "muito produtivo", segundo a Casa Branca.

O ministério chinês das Relações Exteriores revelou nesta quarta-feira que Xi pediu a Trump que utilize "vias pacíficas" para resolver as tensões na península coreana, após Washington enviar um porta-aviões e sua flotilha à região.