TSE diz a militares que não há ‘sala escura de apuração’ na eleição

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) afirmou às Forças Armadas que não há qualquer "sala escura" de apuração para contagem de votos das urnas eletrônicas. A resposta consta no documento enviado na segunda-feira (10) sobre os questionamentos feitos pelos militares sobre a integridade das eleições.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos