TSE pode antecipar segundo turno das eleições em Macapá, diz Barroso

Marcello Corrêa
·1 minuto de leitura
BBC
BBC

BRASÍLIA - O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, disse neste sábado que pode antecipar a realização do segundo turno das eleições em Macapá, após o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do estado sugerir que o pleito fosse realizado nos dia 27 de dezembro.

— Eu recebi um pedido de diversos candidatos a prefeito para antecipar essa data do dia 27. Ela foi marcada pelo Tribunal Regional Eleitoral após consulta ao Tribunal Superior Eleitoral porque o processo de readequação das urnas eletrônicas para esse pleito específico é uma experiência inédita e a tecnologia da informação aqui do TSE havia pedido o máximo de tempo possível. Porém, diante do pedido dos candidatos, a totalidade deles de Macapá, nós vamos verificar a possibilidade de antecipar em uma semana — disse Barroso, após visitar o Centro de Divulgação das Eleições (CDE), em Brasília.

O adiamento das eleições no Amapá foi determinado pelo TSE na última quarta-feira, diante das dificuldades causadas pelo apagão que atinge o estado há mais de dez dias.

Segundo Barroso, ainda não está certo se, caso o segundo turno das eleições seja realizado no dia 20, o primeiro turno também seja antecipado. A definição, informou o ministro, depende da área técnica e da sinalização de que é possível fazer o processo em segurança.

— Nós estamos lidando com uma situação que tem um componente de aleatoriedade, que exige a regularização do fornecimento de energia elétrica e o controle social da cidade, que vive um momento de inquietação — afirmou o magistrado.

Ele frisou que, caso isso não ocorra, as datas podem ser mantidas.

— Se for possível, talvez para o dia 20 o segundo turno, nós faremos. Mas, se não for, a segurança e a precisão do resultado é o mais importante — afirmou.