TSE registra contribuição de R$ 800 bilhões de mulher no Rio Grande do Sul

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) registrou em seu sistema de divulgação de candidaturas e contas eleitorais uma doação superior a R$ 800 bilhões. A suposta beneficiária seria Reginete Bispo, candidata do PT que disputa a Câmara dos Deputados pelo Rio Grande do Sul. O valor expressivo, no entanto, sugere que possa ter havido um erro.

A doação da quantia de R$ 800.004.155.263,40 fez com que o nome de Regina Weber, autora da benfeitoria, fosse alçado ao primeiro lugar no ranking de doações. O montante corresponde a cerca de 163 vezes o valor do fundo eleitoral distribuído para todos os partidos, que neste ano é de R$ 4,9 bilhões.

A doação de Regina Weber superou até mesmo a do empresário Rubens Ometto, considerado o campeão de doações do pleito deste ano. A Folha de S.Paulo ainda não conseguiu localizar a doadora nem a postulante a deputada.

Procurado, o TSE diz que o registro da doação é feito em seu sistema de acordo com o que é preenchido pelo candidato. A corte ainda afirma, em nota, que qualquer eventual irregularidade é constatada na prestação de contas e verificada durante esse processo.