TSE terá rota de fuga em 'operação de guerra' na segurança das Eleições

TSE terá rota de fuga em 'operação de guerra' na segurança das Eleições. Foto: Getty Images.
TSE terá rota de fuga em 'operação de guerra' na segurança das Eleições. Foto: Getty Images.

O Tribunal Superior Eleitoral já tem um esquema de segurança reforçado no local para o dia 2 de outubro, quando ocorrem as eleições. Uma das alternativas em caso de ataques é uma rota de fuga para ministros e servidores. O Supremo Tribunal Federal também está com estrutura para evitar invasão ou ataques: a barreira antidrone com sensores que detectam e bloqueiam o uso do equipamento, usada no 7 de Setembro. As informações são da CNN.

O Supremo e o TSE devem manter um canal de comunicação entre as áreas. No caso dos drones do STF, os equipamentos que sobrevoam a Praça dos Três Poderes têm de ser cadastrados.

Uma das possibilidades para evitar transtornos será colocar a divulgação do resultado das eleições para fora do edifício-sede do TSE.

Os servidores que vão atuar na segurança devem trabalhar com credenciamento, controle de portarias, segurança do patrimônio e o esquema de veículos. Todos poderão usar armas de fogo, sob supervisão a Polícia Judicial.

Por conta do ato para o 7 de Setembro, promovido pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), o STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu reforçar a segurança da Corte e evitar ataques isolados de “lobos solitários”.

Foi feito um protocolo de ação para evitar que apoiadores radicais do chefe do Executivo tentem furar o bloqueio feito pelos órgãos de segurança na Esplanada dos Ministérios, em Brasília.

Qual a data das Eleições 2022?

O primeiro turno das eleições será realizado no dia 2 de outubro, um domingo. Já o segundo turno – caso necessário – será disputado no dia 30 de outubro, também um domingo.

Veja a ordem de escolha na urna eletrônica nas Eleições 2022

  1. Deputado federal (quatro dígitos)

  2. Deputado estadual (cinco dígitos)

  3. Senador (três dígitos)

  4. Governador (dois dígitos)

  5. Presidente da República (dois dígitos)