Díaz-Canel: "Cuba não fará concessões contra soberania e independência"

Havana, 19 abr (EFE).- O novo presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel afirmou nesta quinta-feira que a política externa da ilha se "manterá inalterável" e que o país caribenho "não fará concessões contra sua soberania e independência nem negociará seus princípios".

Durante o seu primeiro discurso na Assembleia Nacional do Poder Popular (ANPP, Parlamento unicameral), que o ratificou hoje como o primeiro líder cubano sem sobrenome Castro em quase 60 anos, Díaz-Canel disse que o mundo está "em uma conjuntura internacional caracterizada pela crescente ameaça à paz e à segurança".

"Em tal contexto ratifico que a política externa cubana se manterá inalterável e reiteramos que ninguém vai conseguir debilitar a Revolução nem dobrar o povo cubano, porque Cuba não faz concessões contra sua soberania e independência", afirmou o novo presidente. EFE

yg/ma

(foto) (vídeo)