Tsitsipas confirma grande fase e avança no ATP Finals de Londres

Num circuito mundial em que muitos criticam a falta de nomes da nova geração nas fases decisivas dos grandes torneios, Stefanos Tsitsipas mostrou ontem, mais uma vez, seu enorme talento. Ao derrotar o atual campeão, o alemão Alexander Zverev, por 6/3 e 6/2, o grego, de 21 anos, garantiu vaga antecipada nas semifinal do torneio que reúne os oito melhores da temporada, o ATP Finals.

— Estou surpreso com minha performance. Fiz tudo certo. E, mais uma vez, agradeço a esta torcida incrível — comemorou o algoz de Zverev.

Em 2019, Tsitsipas conquistou dois dos três títulos da carreira: no saibro do ATP 250 de Estoril, em Portugal, e na quadra dura do ATP 250 de Marselha, na França. No dia 5 de agosto, o grego se tornou o primeiro tenista de seu país na história a entrar no top 5.

Em Grand Slams , o prodígio grego bateu na trave no Aberto da Austrália, em janeiro, quando perdeu para o espanhol Rafael Nadal nas semifinais. Em Roland Garros chegou às oitavas, mas decepcionou em Wimbledon e no US Open, com duas derrotas em estreias.

FEDERER X DJOKOVIC

Debutante e caçula no torneio na capital britânica, o número 6 do ranking venceu os dois jogos sem ceder sets. Na estreia, superou o russo Daniil Medvedev, que ontem sofreu uma virada espetacular de Nadal, por 6/7 (3/7), 6/3 e 7/6 (7/4). O tenista espanhol perdia o set decisivo por 5 a 1.

— Naquele momento, você pensa que, em cinco minutos, estará no vestiário, porque seria a coisa mais normal. Você joga sem muita pressão, porque está quase derrotado — comentou Nadal, que chegou a salvar um match point.

Amanhã, o espanhol —que busca título inédito — enfrenta Tstitsipas.

Hoje, às 17h (de Brasília, com transmissão do Sportv 3), o suíço Roger Federer enfrenta o sérvio Novak Djokovic pela 49ª vez na carreira. Quem vencer assegura fase na semifinal. E uma vitória do tenista da Basileia garante a permanência de Nadal no topo do ranking.

Por ora, o único que já tem vaga na semifinal pelo Grupo Bjorn Borg é o austríaco Dominic Thiem, que mede forças, às 11h, com o já eliminado italiano Matteo Berrettini.