Tubarões-baleia avistados na Ilha de Santa Maria nos Açores

Grandes tubarões-baleia, na pequena ilha de Santa Maria, nos Açores. As ilhas são um ponto de passagem essencial para muitas espécies migratórias e famosas pela observação de baleias e golfinhos. Com um pouco de sorte, em Santa Maria avista-se um dos maiores cetáceos do mundo que pode chegar aos 18 metros.

Os tubarões-baleia são dóceis e uma fonte de tranquilidade para os turistas que querem mergulhar com eles no azul profundo das águas açorianas. A ilha de Santa Maria é o único local da Europa onde se reúnem grandes números de tubarões-baleia. Fazem aparições especiais durante a época alta, desde meados de março até ao final de outubro e a atenção da parte dos turistas está a influenciar a estrutura social e económica da ilha.

Regressam às mesmas águas ano após ano para se reproduzirem e alimentarem. Não se sabe de onde vêm nem qual o destino. Sabe-se que aparecem sempre rodeados de amigos: são escoltados por milhares de atuns e representam um dos grandes segredos sobre a vida marinha do Atlântico.