Tuchel diz que briga com Conte foi divertida

Thomas Tuchel e Antonio Conte discutiram após o apito final no empate entre Chelsea e Tottenham. Foto: Chris Brunskill/Fantasista/Getty Images
Thomas Tuchel e Antonio Conte discutiram após o apito final no empate entre Chelsea e Tottenham. Foto: Chris Brunskill/Fantasista/Getty Images

Uma das imagens deste domingo na Premier League foi a forte discussão entre Thomas Tuchel e Antonio Conte, após o empate do Chelsea por 2 a 2 com o Tottenham. O técnico alemão falou sobre a briga na coletiva de imprensa e sorriu enquanto falava sobre o confronto com seu colega.

"Foi como um confronto entre dois jogadores em campo. Para mim não há grande problema, o que aconteceu faz parte do jogo, do futebol da Premier League. Para mim não é um problema sério. Aqui em Stamford Bridge os dois bancos de reservas estão muito próximos e é quase normal que essas coisas aconteçam. No fundo eu me diverti, e acho que ele também", explicou.

Leia também:

Ao longo da entrevista, o técnico do Chelsea mostrou descontentamento com o árbitro Anthony Taylor, que os expulsou após o final do jogo em Stamford Bridge devido a uma discussão entre eles que já havia eclodido após o primeiro empate dos Spurs.

"Estava quente por causa da temperatura, quente entre os dois bancos, quente em campo e quente entre os espectadores, mas não guardo rancor", esclareceu Tuchel. "Ainda não falei com Antonio, mas tenho certeza que ele não tem nada contra mim, assim como eu também não tenho nada contra ele. Não nos insultamos, não nos batemos, estávamos lutando por nossas equipes e estou surpreso que ambos fomos expulsos por isso", disse Tuchel.

Sobre Taylor, ele disse que "talvez seja melhor que ele não gerencie mais o Chelsea porque todos no vestiário acham que ele tem um problema conosco. Os dois gols do Tottenham deveriam ser anulados, um por uma falta em Havertz e outro por uma falta em Romero sobre Cucurella", seguiu.

O técnico ainda aproveitou para disparar contra o zagueiro argentino Cristian Romero. "Desde quando você pode pegar um rival pelos cabelos e depois ficar no escanteio? Tudo isso é simplesmente ridículo e o árbitro cometeu muitos erros. Também tenho certeza de que serei multado pelo que disse e suspenso pela expulsão, enquanto ele poderá administrar", finalizou o treinador que tenta reerguer o Chelsea.