'Tudo acaba um dia', diz Bolsonaro a Maia

Daniel Gullino
·1 minuto de leitura

BRASÍLIA — O presidente Jair Bolsonaro ironizou nesta segunda-feira o fim do mandato de Rodrigo Maia como presidente da Câmara e afirmou que "tudo acaba o dia" e que é preciso estar "preparado" para isso. Bolsonaro ainda recomendou a Maia, seu desafeto político, a ser "feliz".

O comentário ocorreu no Palácio da Alvorada, quando um apoiador pediu para Bolsonaro mandar um recado a Maia. O presidente respondeu, rindo:

— Seja feliz. Tudo acaba um dia. Meu mandato vai acabar um dia. Devemos nos preparar para esse momento aí.

Maia disse no domingo a deputados que poderia abrir um processo de impeachment contra Bolsonaro, após seu partido, o DEM, deixar o bloco de Baleia Rossi (MDB-SP), candidato apoiado por Maia na sua sucessão na presidência da Câmara.

Bolsonaro apoia Arthur Lira (PP-AL), que é o favorito na disputa. Ao ouvir de uma apoiadora um elogio a Lira, o presidente respondeu:

— Obrigado, se Deus quiser, vai dar tudo certo hoje.

Bolsonaro ainda ironizou o prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), por ter assistido à final da Libertadores no Maracanã, no sábado, enquanto a capital paulista enfrenta restrições de circulação para diminuir o contágio do novo coronavírus. Ao se declarar contra o que chamou de política do "fique em casa", o presidente também lembrou uma viagem do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), a Miami, no fim do ano passado.

— O fique em casa nunca foi e nunca será política minha. Fique em casa é para uns. Outros é Miami ou Maracanã. Aí não dá.