Tumulto durante distribuição de alimentos deixa 15 mortos no Marrocos

Praia em Esauira, localidade da costa marroquina

Ao menos 15 pessoas morreram pisoteadas e cinco ficaram feridas neste domingo (19) durante uma distribuição de alimentos na região de Esauira, na região oeste do país, anunciou uma fonte oficial.

A tragédia aconteceu na localidade de Sidi Bulaalam, a cerca de 60 km ao nordeste de Esauira, segundo informações do ministério marroquino do Interior, em comunicado.

A mídia local divulgou que um voluntário generoso organizou pela manhã uma grande operação de ajuda alimentar em uma área dessa localidade rural. Porém, o local ficou rapidamente lotado pela multidão, de quase 800 pessoas, em sua maioria mulheres.

Uma investigação foi aberta para "determinar as circunstâncias do incidente e estabelecer os responsáveis", segundo as autoridades marroquinas.

O ministério do Interior anunciou que o rei Mohamed VI tinha emitido ordens visando "colaborar com a ajuda e o apoio necessários às famílias das vítimas e feridos".

O rei também decidiu "assumir pessoalmente os gastos relativos ao enterro e as cerimônias fúnebres das vítimas e dos cuidados direcionados aos feridos", segundo a mesma fonte.