Turim preparada para o Festival da Eurovisão da Canção

31 anos depois, o Festival Eurovisão da Canção volta a Itália. Turim está pronta para acolher a 66ª edição do evento televisivo mais popular do mundo, a seguir à SuperBowl, que no ano passado, colou ao pequeno ecrã mais de 183 milhões de telespetadores.

No entanto, milhares de adeptos preferem assistir ao festival mais de perto, em Turim.

A presidente da Câmara Municipal de Turim, Michela Favaro, afirma que "já registamos cerca de 20.000 chegadas ao aeroporto, mas teremos de esperar até ao final do evento para saber o número total de visitantes. No entanto, sabemos que é impossível encontrar um quarto de hotel ou um quarto na AirB&b, pelo que isto significa que a cidade está realmente cheia".

Os comerciantes beneficiam, também, da presença dos eurofestivaleiros.

Gabrielle Bolle, partilha que "graças à Eurovisão, vêm agora mais turistas estrangeiros e esperamos recuperar os números que tínhamos antes da pandemia, pois Turim era uma cidade em crescimento... Tínhamos milhões e milhões de turistas".

Nas ruas da cidade estão milhares de pessoas provenientes de toda a Europa... As filas para o Pala Olímpico, onde decorrem as semifinais e a final são enormes...

Esta é das maiores arenas cobertas de Itália e já acolheu muitos eventos internacionais, incluindo concertos de artistas como Madonna, Lady Gaga ou Shakira. É aqui que 40 países competem durante três noites. Os bilhetes para os espetáculos há muito que esgotaram.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos