Turista holandesa morta na Colômbia em ataque a traficante de droga

Uma turista holandesa foi morta na cidade de Letícia, no sul da Colômbia, durante  um ataque a um traficante de droga brasileiro.

Dois homens numa mota abriram fogo sobre Celso Caldas de Lima, na esplanada de um bar. A turista foi apanhada no tiroteio e veio a morrer no hospital.

Caldas de Lima era procurado pela Interpol por tráfico de droga, homicídio e extorsão. Tinha sido detido na Colômbia há cinco anos, numa operação de combate ao tráfico de droga. A polícia não explicou porque se encontrava em liberdade.

A Colômbia e o Brasil partilham uma fronteira porosa de 1.600 quilómetros de selva, através  da qual os traficantes transportam cocaína feita pelos cartéis colombianos.

A Colômbia é o maior produtor e exportador de cocaína do mundo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos