Turquia anuncia operação contra militantes curdos na Síria e Iraque

O ministério da Defesa da Turquia anunciou neste domingo ataques aéreos como parte de uma operação contra militantes curdos no norte do Iraque e na Síria, uma semana depois de um atentado no centro de Istambul.

"Estamos começando a Operação Garra-Espada", disse o ministro da Defesa, Hulusi Akar.

"Os abrigos, bunkers e cavernas dos terroristas foram atacados", completou Akar.

"As garras das Forças Armadas turcas voltaram a estar sobre os terroristas", acrescentou o ministro, que liderou a ofensiva a partir do centro de operações da Força Aérea, ao lado dos principais comandantes militares.

O ministério turco da Defesa informou que as incursões tiveram como alvos as bases do banido Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) e as Unidades de Proteção Popular (YPG) curdas, que Ancara considera uma extensão do PKK.

Os ataques acontecem alguns dias após Ancara responsabilizar o PKK por um atentado no centro de Istambul no domingo passado, no qual morreram seis pessoas e 81 ficaram feridas.

O PKK, que lidera uma insurgência há décadas na Turquia, e as YPG negaram qualquer envolvimento no atentado.

ach/pz/dbh/zm/fp