Turquia vai exigir testes PCR negativos de todos os passageiros que chegarem ao país

·1 minuto de leitura

ANCARA (Reuters) - O ministro da Saúde da Turquia disse nesta sexta-feira que a partir da próxima segunda-feira todos os passageiros que vierem ao país terão que apresentar provas de testes negativos para coronavírus realizados 72 horas antes de sua chegada.

Os passageiros que não fornecerem um resultado negativo do teste de reação em cadeia da polimerase (PCR) não poderão embarcar em aviões para a Turquia, disse o ministro da Saúde, Fahrettin Koca.

Koca também disse que os passageiros voando da Grã-Bretanha, África do Sul e Dinamarca estarão sujeitos à quarentena na chegada, além de um resultado negativo do teste no momento da partida.

(Por Ece Toksabay)