TV alemã registra recorde negativo em estreia da seleção na Copa

Torcedores da Alemanha não parecem estar muito empolgados em acompanhar seu país pela TV. Foto: Desiree Martin/AFP via Getty Images
Torcedores da Alemanha não parecem estar muito empolgados em acompanhar seu país pela TV. Foto: Desiree Martin/AFP via Getty Images

Os torcedores alemães não parecem empolgados com a Copa do Mundo de Inverno no estado desértico do Catar como em outros mundiais. Na quarta-feira, a seleção alemã começou o torneio com uma derrota por 2 a 1 para o Japão.

A emissora Das Erste, principal canal de televisão pública na Alemanha, transmitiu ao vivo pela TV aberta e, assim, obteve a menor audiência em anos. Com uma média de 9,23 milhões de pessoas assistidas, nenhum dos 12 jogos já disputados atraiu mais de dez milhões de espectadores.

Leia também:

A partir das 14h, pelo horário alemão, as participações de mercado foram medidas em 59,7% no geral e 62,7% entre os mais jovens. Por um lado, são resultados fortes, mas, por outro, ainda ficaram muito aquém dos valores que as participações alemãs em Mundiais anteriores trouxeram.

Via de regra, o selecionado nacional não joga em um horário tão inconveniente para trabalhadores, estudantes ou alunos alemães: no início da tarde de um dia útil. Em 2006, por exemplo, um jogo contra o Equador começou às 16h, na época a cota era de mais de 80% e o alcance era de mais de 21 milhões.

Oito anos antes, em 2002, um jogo da Alemanha contra Camarões começou às 13h30 – cerca de 15,7 milhões de torcedores assistiram na época, o que correspondia a cerca de 77% do mercado na época. E em 2010, um jogo contra a Sérvia, que começou às 13h30, atingiu quase exatamente 22 milhões de espectadores e 87%. A taxa reconhecidamente alta estava muito longe desses valores.

Na última Copa do Mundo, realizada no verão de 2018, não houve nenhum jogo da Alemanha com menos de 25 milhões de espectadores. O jogo das 16h contra a Coreia do Sul também levou essa marca na época. E, no entanto, o alcance real do jogo na quarta-feira deveria ter sido significativamente maior do que os números do AGF sugeririam, afinal, os números de acesso ao streaming não estão incluídos no levantamento.

Os outros dois jogos, como as partidas de segunda e terça, ficaram abaixo da marca dos cinco milhões. 3,89 milhões de pessoas (21,9% no total, 25,1% 14-49) assistiram à apresentação do próximo adversário da Alemanha, a Espanha (uma vitória retumbante contra a Costa Rica) a partir das 17h00. O jogo bem cedo, a partir das onze horas, em que Marrocos e Croácia se enfrentaram, atraiu apenas cerca de 1,3 milhão de torcedores.

Apesar dos números baixos, a estreia alemã na Copa levou a emissora pública à liderança do mercado. Entre os telespectadores mais jovens, a Das Erste garantiu 24,7% na quarta-feira e foi o único canal a alcançar um resultado de dois dígitos.