“Jornal Nacional” faz minuto de silêncio pela liberdade de imprensa; veja reações

Heraldo Pereira e Renata Vasconcellos fizeram um minuto de silêncio no
Heraldo Pereira e Renata Vasconcellos fizeram um minuto de silêncio no "JN" (foto: reprodução / tv globo)

O "Jornal Nacional" abriu sua edição desta terça-feira (7) em silêncio. O jornalísico mais assistido do país fez uma ação de protesto no Dia Nacional da Liberdade de Imprensa em uma ação do hub de jornalísticos que o grupo Globo pertênce.

Nas redes sociais o perfil do jornalístico compartilhou o vídeo do momento e explicou: “Hoje é terça-feira, 7 de junho, Dia Nacional da Liberdade de Imprensa. Esse nosso gesto é para lembrar a importância desse direito fundamental para a democracia.”

Durante todo o dia, o consorcio de imprensa que reúne A ação reúne UOL, Folha de S.Paulo, TV Globo, GloboNews, g1, O Globo, Extra, Valor Econômico, Estadão, CBN e Rádio Eldorado divulgaram ações e protestos para marcar a data.

A campanha visa ressaltar à população a importância de uma imprensa livre para o exercício da democracia e a conscientização da população sobre mandos e desmandos de lideranças de vários âmbitos sociais, políticos e militares.

O programa chegou a marcar 24.2 pontos de audiência enquanto o segundo colocado, “Poliana Moça”, no SBT, marcou 7,9, segundo informações divulgadas pelo jornalista de TV Ricardo Souza, nas redes sociais. No Twittero jornalístico ficou entre os 10 mais falados. Veja algumas reações:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos